História da Ginástica

A ginástica fez parte da vida do homem pré-histórico enquanto atividade física, pois detinha um papel importante para sua sobrevivência, expressada, principalmente, na necessidade vital de atacar e defender-se. O exercício físico era transmitido através das gerações e fazia parte dos jogos, rituais e festividades.

A ginástica, enquanto prática metódica de exercícios físicos, já era utilizada por volta de 2 600 a.C., nas civilizações da China, da Índia e do Egito, onde se valorizava o equilíbrio, a força, a flexibilidade e a resistência. Este conceito começou a desenvolver-se pela prática grega e foram os gregos os responsáveis pelo surgimento das primeiras escolas. O seu estilo nascia da procura de um corpo são, mente sã e do ideal da beleza humana. Em Atenas, ao completarem dezoito anos, os rapazes iam para os ginásios, onde eram dirigidos pelos ginastas e formavam-se inseridos num ambiente em que se exibiam obras de arte e onde os filósofos se reuniam para discutir sobre a união corpo e mente. Na Roma, adquiriu um novo nome, ginástica higiénica, no entanto, já que os romanos viam o culto físico como algo diabólico e decretaram o fim dos Jogos Olímpicos antigos, nos quais estava inserida a ginástica enquanto festividade e preparação. Mesmo assim, parte do povo manteve o culto ao corpo e a educação física como práticas secretas.

Na Idade Média, a ginástica perdeu sua importância devido à rejeição do culto ao físico e à beleza do homem, ressurgindo somente na fase renascentista. Durante o século XIX, a ginástica passou a refletir apenas o significado de prática desportiva moderna, deixando de ser preparação militar, juntando-se, assim, a outras atividades, como o atletismo praticado nos Jogos Olímpicos antigos. Nesta época, surgiram e desenvolveram-se a escola inglesa, a alemã, a sueca e a francesa.

Ainda no século XIX, surgiu a entidade que passou a regrar as práticas do desporto: a Federação Europeia de Ginástica. Em 1921, a FEG tornou-se a atual FIG (Federação Internacional de Ginástica). Atualmente, é considerada a organização internacional mais antiga responsável pela estruturação da ginástica.

A ginástica é disputada nos Jogos Olímpicos desde a primeira edição, em Atenas, em 1896. Durante trinta anos, apenas os homens competiram nas provas da ginástica artística. Em Los Angeles, em 1984 a ginástica rítmica, de disputa exclusivamente feminina, foi introduzida no calendário, e a ginástica de trampolim integrada no programa desde os Jogos de Sydney em 2000.

Esta entrada foi publicada em Ginástica. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s