Modalidades de ginástica competitiva

A ginástica moderna, regimentada pela Federação Internacional de Ginástica, incorpora as seguintes modalidades distintas:

  • Ginástica artística – A ginástica artística foi a primeira ramificação da ginástica em si, em matéria de combinação de exercícios sistemáticos, criada para diferenciar as técnicas e os movimentos criados das práticas militares. A sua introdução nos Jogos Olímpicos da era moderna, fez com que a ginástica passa-se a ser considarada um desporto olímpicos. Os ginastas devem mostrar força, equilíbrio, coordenação, flexibilidade e graça.
  • Ginástica rítmica – Foi no século XVI que se começa a praticar a ginástica ligada ao ritmo. A partir disso, foram mais de duzentos anos até se tornar um conjunto uniforme de dança. Mais tarde, obteve sua independência da modalidade artística e passou a ser um sistema organizado, com aparelhos e competições próprios, criados em 1996, tornou-se um desporto olímpico, cem anos após a entrada da ginástica em Jogos Olímpicos. Esta modalidade envolve movimentos de corpo em dança de variados tipos e dificuldades combinadas com a manipulação de pequenos equipamentos. As atletas, durante as suas apresentações, devem mostrar coordenação, controle e movimentos de dança harmónicos e sincronizados com as suas companheiras e a música.
  • Trampolim acrobático – Enquanto desporto, o trampolim foi criado por George Nissen, em 1936, e institucionalizado como modalidade desportiva nos programas de Educação Física nas escolas, universidades e treinos de militares. Como modalidade regida pela FIG, o trampolim consiste em liberdade, voo e espaço.
  • Ginástica acrobática –Esta modalidade tem como objetivo o trabalho em grupo e a cooperação. Confiar no parceiro é essencial para o trabalho em equipa, que consiste em beleza, dinâmica, força, equilíbrio, destreza, coordenação e flexibilidade. Os acrobatas em grupo devem executar três séries: de equilíbrio, dinâmica e combinada. Todas as apresentações são realizadas com música, a fim de enriquecer os movimentos corporais.
  • Ginástica aeróbica – Esta modalide foi inicialmente desenvolvida para o treino de astronautas. Mais tarde, a iniciativa foi continuada por Jane Fonda, que expandiu o programa técnica e comercialmente para se tornar a popular fitness aerobics. Esta disciplina requer do ginasta um elevado nível de força, agilidade, flexibilidade e coordenação.
Esta entrada foi publicada em Ginástica. ligação permanente.

4 respostas a Modalidades de ginástica competitiva

  1. Ela é linda!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. sarafernanda diz:

    eu amo ginastiaca e mais nao e para todo mundo isso e uma arte inacional e amei muito saber que isso foi feito por artistas da ginastica adorei!!!!!
    beijos !!!!!!!!!!!!!

  3. gustavo diz:

    eu queria sobre ginastica competitiva mas vou fazer oque?

  4. gostei do site tipo fzndo trabalho de ed fisica sobre o assunto ><

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s